Comentários sobre o concurso do METRÔ/DF

Lançado semana passada, o edital do METRÔ-DF (Banca IADES) não guarda tanta complexidade. A legislação solicitada no referido edital é baseada em dois trechos. Lei Orgânica do DF (LODF) e normas específicas.

CONFIRA APOSTILA METRÔ DF – CLIQUE AQUI! 

Sobre a LODF são cobrados os títulos I, II, III e VI. O aluno deverá estudar do artigo 1º ao 124 e do 200 ao 311. Os 3 primeiros títulos são mais fáceis, pois retratam a parte básica da LODF. Nestes artigos devemos saber sobre os fundamentos, objetivos, organização administrativa do DF, direitos dos servidores e poderes do DF. Sempre atentando para a literalidade da lei e os termos mais importantes de cada artigo. Destes primeiros 124 artigos temos uns 35 que sãos os mais importantes. Cabe ao concursando estar bem informado sobre quais são estes, evitando assim estudar conteúdos desnecessários.

Do artigo 200 ao 311 temos a ordem social e meio ambiente da LODF. São assuntos variados e mais complexos. Sorte que são poucos os artigos importantes que precisamos estudar. Cabe novamente ao aluno estar informado sobre os principais pontos de estudo. Uma pergunta aos professores da área esclarece tais dúvidas.

O Decreto Distrital nº 26.516/2005 instituiu o Regulamento de Transporte, Tráfego e Segurança do Metropolitano do Distrito Federal. O decreto menciona conceitos e detalhes sobre o serviço metroviário fornecido no DF. Ressaltamos a necessidade de grande atenção do aluno ao assunto, pois nem sempre faz parte dos assuntos que costumam ser cobrados nos concursos. A Lei Federal nº 6.149/1974 menciona que a segurança do transporte metroviário incumbe a pessoa jurídica que o execute, observado o disposto nesta Lei, no regulamento do serviço e nas instruções de operações de tráfego. Por ser uma lei pequena o aluno tem condição de ler os artigos várias vezes.

Você também pode gostar...