Concurso AGEPEN-GO: Autorizado novo certame com 1.000 vagas!

Muita atenção concursandos de Goiás! Está autorizado o novo concurso público para o cargo de Agente Penitenciário de Goiás (AGEPEN-GO)!

A oferta será de 1.000 vagas para candidatos de nível superior e salário inicial de R$ 1,5 mil!

O anúncio foi realizado no dia 09 de fevereiro de 2018, pelo governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, após a visita da Cármen Lúcia, presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF). A visita foi realizada para discutir medidas referentes à crise do sistema prisional.

Previsão do edital do Concurso AGEPEN-GO

Uma vez autorizado, o próximo passo é a definição da banca organizadora, que deverá ser feita pela Secretaria de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan).

A expectativa é de que a banca seja definida nos próximos meses, já que a previsão é de o edital seja divulgado ainda no primeiro semestre de 2018. O que significa que agora é o momento ideal para dar início aos estudos!

Requisitos para concorrer

Para concorrer ao cargo de Agente Penitenciário será necessário possuir diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

O agente é responsável por receber e orientar presos quanto às normas disciplinares, divulgando os direitos, deveres e obrigações conforme normativas legais; revistar presos e instalações; prestar assistência aos presos e internados, encaminhando-os para atendimento nos diversos setores sempre que se fizer necessário.

Último concurso AGEPEN-GO

O último concurso para o cargo de Agente Penitenciário aconteceu em 2014 e as provas foram realizadas em 2015.

A oferta do certame foi de 305 vagas e um salário de R$ 2,8 mil. Porém, após a primeira nomeação, publicada no Diário Oficial, os convocados descobriram que uma lei, aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) em 2016, depois do concurso público, alterou o valor para R$ 1,5 mil.

Os aprovados foram lotados nas cidades goianas de Palmeiras de Goiás, Luziânia, Aparecida de Goiânia, Formosa, Itaberaí, Caldas Novas e Rio Verde.

De acordo com a Associação dos Agentes Prisionais, foram chamados 600 servidores. Já a administração não divulgou o número exato de profissionais convocados.

Como foi a prova?

A avaliação dos candidatos, no último concurso, foi divida entre as seguintes etapas:

– Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;

– Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;

– Avaliação médica (para todos os candidatos) e avaliação de títulos, de caráter unicamente classificatório;

– Prova de aptidão física, de caráter eliminatório;

– Avaliação psicológica e avaliação de vida pregressa, ambas de caráter eliminatório.

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta de 60 questões sobre conhecimentos gerais e conhecimentos específicos.

Já a prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi realizada no mesmo dia e dentro do prazo de duração previsto para a realização da prova objetiva e constou de elaboração de um texto dissertativo, que deverá ter extensão máxima de 30 linhas, com base em tema formulado pela banca examinadora.

As provas do último Concurso Agente Penitenciário Goiás foram realizadas nas cidades Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Itaberaí, Luziânia, Palmeiras, Rio Verde e Uruaçu.

Os aprovados passaram ainda pela segunda etapa, o curso de formação de caráter eliminatório e classificatório.

Bons estudos!

Você também pode gostar...