Concurso PM-RN terá exigência de nível superior!

Atenção concursandos que aguardavam a resolução do concurso público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PM-RN)!

A Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte (PGE-RN) informou, por meio do procurador-geral, Francisco Wilkie, que o órgão enxergou a decisão judicial que suspendeu o concurso da PM como correta e, por isso, não entrará com recurso para manter o nível médio como requisito para ingresso no cargo.

Com isso, o edital a ser republicado deve estabelecer, no item que trata dos requisitos para investidura no cargo, três novas exigências, conforme a Lei Complementar Estadual n.º 613/2018.

Além da graduação em nível superior, nos graus bacharelado ou licenciatura, o concurso vai exigir aprovação no exame de avaliação psicológica e habilitação para a condução de veículo automotor, no mínimo, na categoria B.

Previsão para republicação do edital

Ainda não há data prevista para a divulgação do novo edital do concurso PM-RN.

O representante da PGE-RN, Francisco Wilkie, afirmou que as próximas diretrizes da seleção estão sob-responsabilidade da comissão.

“O trabalho da PGE está encerrado. Éramos responsáveis pelo estudo da viabilidade de recorrer ou não da decisão judicial. Os trâmites do concurso e novas datas serão decididas pela comissão”, afirmou Wilkie.

Lembrado que com a republicação do edital, o conteúdo programático da prova também deverá ser alterado.

Entenda o que aconteceu

No dia 25 de janeiro de 2018 o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte exigiu que um novo edital fosse republicado para o concurso PM-RN (Polícia Militar do Rio Grande do Norte), a exigência se deu pelo fato do MP-RN ter detectado irregularidades no edital.

De acordo com a determinação judicial, o edital a ser republicado deve estabelecer, no item que trata dos requisitos para investidura no cargo, três novas exigências, conforme a Lei Complementar Estadual n.º 613/2018: graduação em nível superior, nos graus bacharelado ou licenciatura; aprovação no exame de avaliação psicológica e; habilitação para a condução de veículo automotor, no mínimo, na categoria B.

A republicação também deve ter acrescentada, no seu Item 3 (Das Etapas), a avaliação psicológica, assim como deve dar oportunidade aos candidatos já inscritos no concurso a desistência da inscrição efetuada e a obtenção do reembolso dos valores recolhidos a título de taxa de inscrição.

A determinação do Juízo da 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal atende ao pedido formulado pelo Ministério Público Estadual, por meio de Mandado de Segurança contra ato proferido pelo Presidente da Comissão do Concurso Público da PM-RN.

Concurso PM-RN

O certame visa o provimento de 1.000 vagas do quadro de praças da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte.

Do quantitativo de vagas, 938 foram destinadas ao sexo masculino e 62 ao sexo feminino. O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) é o responsável pelo certame, que receberia os interessados até 08 de fevereiro, com taxa de inscrição no valor de R$ 100,00. Os candidatos já inscritos devem aguardar algum anúncio oficial do governo.

Os salários serão de R$ 954,00 durante o curso de formação e R$ 2.904,00 após o ingresso.

Devo continuar estudando?

Os concusandos não devem interromper a preparação. O edital será republicado em breve e se você planeja ingressar na PM-RN aproveite esse tempo extra para intensificar sua preparação!

Bons estudos!

Você também pode gostar...