Concursos Carreiras Tribunais 2017 – Grandes oportunidades, escolha o seu concurso e garanta já sua vaga!

 

tribunal

Se você está lendo este artigo, já sabe que os concursos públicos são uma excelente alternativa para quem está dando início ou para quem quer mudar o rumo de sua vida profissional. Segundo o texto base do PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual), pelo menos 25 concursos públicos estão confirmados para 2017, o documento conta inclusive, com a estimativa de valores que cada órgão irá recolher, assim como o valor a ser pago a título de taxa de inscrição.

A estimativa é de que 2017 seja superior o número de autorizações e de realizações de novas seleções federais. O governo está ciente que a máquina pública não pode parar, mesmo diante das restrições orçamentárias e do forte processo de ajuste fiscal.

Sabendo disso, milhares de candidatos se preparam freneticamente para os certames que virão no decorrer do ano. De acordo com a Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (ANPAC), o acréscimo anual de novos candidatos chega a 40%.

 

Os concursos para tribunais costumam concentrar um grande número de inscritos. E é exatamente sobre estes que vamos tratar neste post.

Os Tribunais Brasileiros

Em razão do número de concursos e do número de vagas disponibilizadas, os tribunais têm grandes chances de ser uma das áreas mais procuradas por aqueles que buscam tornar-se servidores públicos. Os concursos mais frequentes são para os Tribunais de Justiça (TJ), Tribunais Regionais Eleitorais (TRE) e Tribunais Regionais do Trabalho (TRT), mas há também concursos para os Tribunais Regionais Federais (TRF) e, ainda, para os tribunais superiores (STJ, TSE, TRT, STM e STF).

O motivo é simples: há TJ, TRT e TRE em cada estado e no Distrito Federal; são 5 TRFs no país e, quanto aos tribunais superiores, são únicos. São tantos tribunais que a área realiza no mínimo 3 ou 4 concursos por ano.

Vantagens de prestar Concurso para Tribunais

 

  • Tradição de convocação
    O número de inscritos é geralmente muito alto, isso devido aos seguintes fatos: muitas das seleções incluem cadastro de reserva; o número de convocações é maior do que o número de vagas; e além disso, os concursandos costumam prestar para vários tribunais, e à medida que vão sendo chamados, mais vagas são liberadas.
  • Contemplam diferentes níveis de escolaridade
    São oferecidos cargos de nível médio, como o Escrevente Judiciário e o Técnico Judiciário na Área Administrativa ou na Área de Apoio Especializado. Para quem tem curso técnico, existem cargos como Telecomunicações, Enfermagem ou Segurança. Para aqueles possuem nível superior (bacharel em direito), os cargos são para Juiz, Assistente Judiciário na Área Judiciária ou para Tabelionato (serviços notariais e de registros). Para os Oficiais de Justiça é requerido curso superior, preferencialmente em direito. Há ainda os cargos de Assistente Judiciário na Área de Apoio, que requerem profissionais de nível superior com formação específica, por exemplo, os da área de Saúde, Biblioteconomistas, Cientistas Contábeis, Engenheiros, Estatísticos, entre outros.
  • Benefícios e vantagens
    -Gratificações conferidas por lei, que podem elevar o salário base em mais de 100%, quando combinadas;
    -Estabilidade conferida pelo regime estatutário de contratação (regido pela lei 8.112/90);
    -Boa carga horária de trabalho, com aparato estrutural e tecnológico à disposição para adequada execução de suas tarefas;

Remuneração Inicial

Os salários oferecidos nos tribunais são compatíveis com os cargos e geralmente acima do mercado de trabalho. Os cargos de nível médio recebem entre R$ 4 e 6 mil. Os Analistas recebem iniciais de até R$ 8 mil. Já no caso dos Juízes, os ganhos estão acima de R$ 20 mil.

Planos de Cargos e Salários

As carreiras nos tribunais utilizam um sistema de progressão funcional, dividido em padrões e classes (elevação de padrão dentro da mesma classe) e promoções (passagem do último padrão de uma classe para o primeiro da classe seguinte). Se o servidor apresenta uma qualificação profissional, como mestrado ou doutorado, receberá acréscimo no salário de 7,5 a 12,5%. No caso de cursos de capacitação, os acréscimos serão de até 3%. Para quem conquista um cargo de confiança, os rendimentos podem receber acréscimo de R$ 1 mil a R$ 3,5 mil. O funcionário que obtiver um cargo comissionado, pode receber prêmios de 5 mil a 7 mil reais adicionados aos vencimentos, ganhos que podem ser cumulativos.

Matérias Básicas para Concursos Tribunais

Apesar das disciplinas variarem para cada concurso, há um grupo de matérias comum a todos os concursos para tribunais que poderão ser estudadas pelos candidatos, mesmo antes da liberação dos editais. O que aumenta as vantagens para os candidatos que optam por estudar para diferentes certames ao mesmo tempo. As matérias básicas para estudos de concursos para tribunais são: Português, Direito Constitucional, Direito Administrativo. Informática e Raciocínio Lógico Matemático são pedidos em alguns concursos para tribunais.

Interessante observar que as bancas responsáveis pela aplicação das provas dos tribunais variam pouco. Alguns exemplos são o Cespe/UnB e a Fundação Carlos Chagas (FCC). Familiarizar-se com as características das bancas, como distribuem as disciplinas e costumam cobrar as questões é um poderoso trunfo aos concursandos.

Concursos Tribunais em 2017

Prevê-se que os Órgãos no Poder Judiciário ofertarão centenas de vagas em concursos no ano de 2017 no TSE, TRF, TRE entre vários outros. Confira os concursos previstos para o próximo ano:

⇒ Concurso TRF1

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) que compreende os estados de Minas Gerais, Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima, Tocantins, inclusive o Distrito Federal, anunciou que abrirá novo concurso público.
Este certame é iminente e já está incluído no Orçamento da União para 2017, ele objetiva o preenchimento de vagas para Técnico (nível médio) e Analista (nível superior). Além disso, a comissão interna para elaboração dos detalhes da nova seleção já foi instituída.

Ainda não se conhece o número de vagas que serão oferecidas, nem as especialidades, mas a expectativa é de que seja um número expressivo.
A remuneração inicial para o cargo de Técnico Judiciário é de R$ 7.111,86, já para o cargo de Analista Judiciário o salário inicial é de R$ 11.063,80.

 Concurso TRF2 – Juiz

Saiu o edital para o concurso do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2 Juiz), que compreende os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. São 50 vagas, mais cadastro de reserva para o cargo de Juiz Federal Substituto. As inscrições podem ser realizadas pelo site do organizador o próprio TRF, no período de 16 de janeiro a 14 de fevereiro de 2017. A taxa para participação neste certame é de R$ 240,00.

A remuneração inicial para Juiz Federal Substituto da 2ª Região é de R$ 27.500,17.

 Concurso TRF4 (RS, SC, PR)

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que atende os estados do sul do país, prevê que no edital a oferta será para as carreiras de Técnico Judiciário e Analista Judiciário. A previsão é de que sejam arrecadados R$ 376.000,00 com a realização do novo concurso.

 Concurso TRF5 (AL, CE, PB, PE, RN, SE)

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) que compreende os estados de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe anunciará, no próximo ano, edital para concurso público com oportunidades para níveis médio e superior.

As oportunidades serão para os cargos de Analista e Técnico, nível superior e médio, respectivamente. O Técnico terá salário inicial de R$ 6.709,00, mais benefícios. Já o Analista fará jus a remuneração inicial de R$ 11.007,00, mais benefícios.

 Concurso TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (Concurso TSE) deverá realizar em 2017 um concurso público voltado ao preenchimento das vagas de Técnico e Analista Judiciário, de níveis médio e superior. A previsão é de que serão abertas 118 vagas e os salários para cargo de Analista terão iniciais de R$ 10.120,00 e para o cargo de Técnico R$ 6.168,00.

 Concurso TRE-BA

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizará novo concurso público em 2017. As oportunidades serão para os cargos de Analista e Técnico Judiciário, nível superior e médio, respectivamente. As taxas para participação neste certame já estão definidas serão de R$ 110,00 e R$ 90,00. Para os novos servidores a remuneração será de R$ 6.160,75 (Técnicos) e de R$ 10.108,00 (Analistas).

 Concurso TRE-CE

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) prevê abertura de concurso público em 2017 para os níveis médio e superior. Excelente notícia para quem aguardava oportunidade com boas remunerações e estabilidade no emprego. As vagas são para as carreiras de Técnico Judiciário e Analista Judiciário. Os salários podem alcançar R$ 12 mil. As taxas de inscrição serão de R$ 80,00 ou R$ 100,00.

 Concurso TRE-MS

O Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul (TRE-MS) deve lançar edital para concurso público no próximo ano. O novo certame para o órgão já consta no Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2017, e a expectativa é de que sejam oferecidas vagas para Analista Judiciário e Técnico Judiciário. A remuneração inicial pode chegar a R$ 8 mil para Técnico e R$ 12 mil para Analista. As taxas serão de aproximadamente R$ 80,00 e R$ 120,00.

 Concurso TRE-PR

A previsão de cargos no concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) será para as carreiras de Técnico Judiciário e Analista Judiciário. A expectativa é de que o edital seja publicado na metade do ano. O valor das taxas será de R$ 85,00 ou R$ 75,00. Os iniciais das carreiras podem alcançar a casa do R$ 12 mil para Analistas e R$ 8 mil para Técnicos.

 Concurso TRE-RJ

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) pretende lançar muito em breve um novo edital para nível médio e superior. O objetivo é preencher aproximadamente mais de 100 vagas tanto para Técnico quanto para Analista. Atualmente, para o cargo de Analista a remuneração é de R$ 11.003,92 e para Técnico o inicial é de R$ 7.051,99. Estes valores já incluem auxílio e benefícios.

 Concurso TRE-RN

A oferta no concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN)  será para as carreiras de Técnico Judiciário e Analista Judiciário. As taxas de inscrição serão de R$ 110 ou R$ 90 e as remunerações iniciais serão de R$ 7.044.75 (Técnicos), já considerando gratificação e ajuda de custos, e R$ 10.992,07 (Analistas).

 Concurso TRE-SC

Está previsto um novo concurso público para o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC). O edital deve ser publicado já no segundo semestre de 2017, segundo o documento de Orçamento da União. As vagas serão para Técnico e Analista. Com remuneração inicial de até R$ 7.506,55.

 Concurso TRE-TO

Em breve será lançado o edital para o concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO). A Comissão interna do concurso foi formada e a publicação do edital está prevista já para o início de 2017. As remunerações iniciais chegam a R$ 10,9 mil. A oferta será para as carreiras de Técnico Judiciário e Analista Judiciário. Valor das taxas: R$ 90,00 ou R$ 65,00.

Agora chega de desculpas! Com tamanho número de vagas previstas para 2017, você tem vários motivos para se preparar. Se seu objetivo para o Ano Novo é conseguir um bom salário, crescimento e estabilidade profissional, não perca mais tempo. Dê início ao processo de preparação agora! Lembre-se, não existe segredo, são aprovados aqueles que estão mais bem preparados. Bons estudos! 

 

 

Você também pode gostar...