Um brinde à paz

Ano novo, vida nova! Um mundo repleto de harmonia, alegria e amor é reflexo da sua paz interior – passo fundamental em direção à felicidade.

Para começarmos 2006 com o pé direito, construindo um mundo melhor, vamos conversar sobreahimsa (pronuncia-se “arrinsa”), palavra em sânscrito que significa “não violência”.

Todo ser humano deseja conquistar felicidade e evitar sofrimento. Mas nem sempre nos damos conta de que não só ações causam dor, mas também pensamentos e palavras. E nem sempre percebemos que a violência não é só dos outros contra nós, mas pode ser de nós contra nós mesmos.

Você já notou que faz auto-boicote? Já se flagrou sendo violento consigo, transformando sua vida em melodrama? Pois é, a não violência começa com uma atitude de respeito em relação a quem somos. E leva à adoção de um novo ditado: não faça aos outros, nem a si mesmo, o que não gostaria que outros fizessem a você.

A não violência requer permanente sentido de alerta: é preciso vivenciar o momento presente, praticando swadhyaya (auto-estudo, em sânscrito), para que possamos ver a violência dentro de nós. Essa atitude nos abre para o aprendizado através da observação. É quando deixamos de lado o piloto automático, existência em que nos agredimos e agredimos aos outros sem nem perceber, para conscientemente empregarmos nossa energia no sentido de desenvolver respeito em relação ao que sentimos e ao que os outros sentem. Pela lei universal da ação e reação, essa mudança de atitude gera uma contrapartida: fortalecemos nossa auto-estima e ganhamos o respeito alheio.

A violência está dentro de nossos corações e tem muitos nomes e formas de expressão, como medo, angústia, insegurança, ansiedade. Esses   sentimentos e pensamentos são refletidos no planeta, pois cada um de nós é um elo de uma corrente, influenciando o todo. Em outras palavras, somos   responsáveis por tudo o que acontece no universo.

Por isso, tome agora o compromisso de praticar ahimsa, analisando suas atitudes com cuidado: tenha pensamentos positivos, faça o bem aos outros, respeite os seres vivos e a natureza em geral, respeite a si mesmo. Aproveite este vôo para ser gentil com a pessoa na poltrona ao lado e, chegando em sua próxima reunião, pratique a não violência. Você verá: tudo flui melhor.

Ano novo, vida nova! Em um mundo diferente, onde será mais gostoso viver. Feliz 2006!

P.S. A acomodação atrasa nossas vidas. Que tal aprender a aceitar a vida com flexibilidade e, ao mesmo tempo, atitude?

Você também pode gostar...